sábado, 21 de maio de 2011

C'est ma vie.

É uma bela manhã de sábado e depois de uma noite foda e de um sonho bom, você se depara com algo que raramente acontece com você e que não acontecia a 3 anos. Você está apaixonada. Isso aí! Apaixonada! E sem nenhum motivo aparentemente concreto, afinal você nunca tocou no ser humano, nunca falou com ele mais do que breves conversas banais. Mas ele é tão legal, tão fofo, tão atencioso... e você fica babando aqui, feito um cão no cio. Você fica se sentindo infantil e idiota por gostar de um cara que você nem sabe se tem pegada ou beija bem, você simplesmente fica feliz e boba quando o vê e gosta de estar perto dele.


Acontece nas melhores famílias, mas quem diria que aconteceria com Maria Krishna? Ela jamais apostaria nessa ficha. Mas não há por que me preocupar, não há o que fazer. O que me resta é viver e catar caquinhos quando tudo acabar.

C'est ma vie.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tell me you're not vicious...