sábado, 30 de julho de 2011

Sem Forças...

Ser força para lutar, para reagir, para me animar, para escolher, para me divertir, para me encantar, para viver.
Sem força para criar, para escutar, para sonhar, para conquistar.

Me transformei num nada, cheguei ao fim. Sem meta, sem vitórias, sem nada além da fé de ser. E me ver crescer, aos poucos, vai matando esse ser.

Eu só quero fugir, me esconder, desaparecer.




How could this happen with me?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tell me you're not vicious...