segunda-feira, 26 de setembro de 2011

O tempo passa

Eu era mais poeta a 3 anos atrás. Eu escrevia mais, me inspirava mais, chorava mais. Talvez até sentisse mais. Mas acho que toda a adolescente de 15/16 anos vira poeta um dia. Porque finalmente vê o mundo maravilhoso, todos os estágios do amor, sente a vontade dos beijos, dos toques e do calor. Sente a solidão da multidão, a vontade de estar perto, mesmo que sem uma palavra a ser proferida. Vontade de sair e conhecer o mundo todo, de se jogar nas experiências mais loucas, se deixar levar pelas bobagens, pelos palavrões e pelo vento gelado que te arrasta de volta para a praia.

Quando você cresce, outras coisas passam a te preocupar. Coisas como emprego, estabilidade, segurança, liberdade com responsabilidade, dinheiro para montar sua vida, familia futura. A sua vida não gira mais em torno de relacionamentos e das experiências, e se gira, você de alguma forma ainda tem preservada a mente da menina de 15 anos. A pequena poeta que apenas aprendeu a viver.

É chato crescer. Eu queria ter 15 anos de novo.

2 comentários:

  1. Ser adolescente é muito bom mesmo, se descobrir. Mas a poesia não se perde com a idade, ela continua aí dentro, Rei (:

    ResponderExcluir

Tell me you're not vicious...