sexta-feira, 2 de março de 2012

O fim


Você não pode mudar o que é.
Eu não posso mudar o que sou.
E se não podemos mudar
Então acabou
Mas nada que compartilhamos e vivemos foi em vão
Ficará para sempre cravado no meu coração
Como espinho de dor e saudade
Como o espelho mostrando a realidade
Que não importa quão bom seja
Tudo, sempre, acaba.


2 comentários:

  1. Acho escrever poesia mais difícil do que qualquer outra coisa - requer muita sensibilidade e refinamento.

    Gostei :)

    # O live ainda te avisa quando eu respondo seus comentários? (Eu quase escrevi 'respondo suas reviews' HAHAHAHA maldita mania de FF.net)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho mais difícil escrever crônicas. Não tenho um olho muito atento no mundo para observar as situações corriqueiras e conseguir torná-las algo interessante.
      Poesia, pelo menos pra mim, sai naturalmente, então obrigada pelo elogio :) HAHAHHA apesar de não ter sido necessáriamente para mim.
      # Avisa sim amor, HAHAHAHA! Coisas que nunca vão embora!

      Excluir

Tell me you're not vicious...