quarta-feira, 16 de maio de 2012

O vazio


Você tá mal? Eu estou um pouco. Não é depressão, é só um vazio. Queria poder correr para algum lugar, mas tudo me faz sentir meio oca. Quero chorar e não consigo, quero viver e parece impossível. Quero caminhar, prosseguir, mas parece que fui colada ao chão com super blonder. Não consigo nem saber o que eu quero para correr atrás dele. Quero ser muitas coisas? ter muitas coisas? Queria sentir a alegria pungente da vida, a palpitação exitante do amanhã. Não sinto nada...
Não se resume apesas a visão pessimista, a um copo vazio. Não tem copo, não tem água (nem vodka, nem cerveja), não tem subjetividade, não tem visão, não tem interpretação, nem nada. Aqui só há o vazio...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tell me you're not vicious...